O que visitar em Paraty, a linda cidade colonial

É recomendável que faça uma viagem ao sul do município do Rio de Janeiro,
porque apenas a 250 quilômetros, se encontra uma paisagem muito diferente:
uma cidade colonial interessante, com um belo centro histórico e em plena
natureza a famosa Paraty.

História Paraty
Esta cidade colonial é considerada um monumento histórico nacional. Os anos
passaram mais devagar em seu centro histórico, onde carros não são
permitidos e onde se vê ruas de paralelepípedos, é difícil caminhar, ainda mais
de chinelos e uma arquitetura colonial impecável. Tudo parece levar a uma
viagem no tempo ao século XVII, quando a aldeia começou a se espalhar pela
Igreja Nossa Senhora dos Remédios.

A fundação de Paraty remonta de 1667. Quanto ao seu nome, não tem nada a
ver com “para ti”, mas vem de um tipo de peixe frequente nas águas do lugar
que os índios tupis chamavam de parati. Até o início do século XIX, Paraty era
o porto de partida da conhecida Rota do Ouro e dali o metal de Minas Gerais
era embarcado para Portugal. A grandiosidade do local ficou bem estabelecida
na arquitetura que agora forma o centro histórico.

O que ver e fazer na cidade de Paraty?
Não somente pela arquitetura é recomendado que você vá até lá, Paraty é
cheia de diversão para todos os gostos.

Muita cachaça
O conhaque de cana, mais conhecido como cachaça, é outro dos protagonistas
de Paraty. Em outros tempos, havia 250 destilarias ou alambiques, que hoje
não são tantos, mas uma atração turística imperdível. O licor que é
popularmente conhecido como pinga, gerou o Festival da Pinga, que é
realizado todos os anos em agosto.

Além do mais, a cachaça é usada para preparar caipirinhas. Existem infinitos
tipos, destilados com outros sabores e várias técnicas. Uma que nunca falta na
paratienses destilarias é Gabriela, destilada com cravo e canela, ingrediente
essencial de uma caipirinha Jorge Amado.

Paraty é uma cidade temática
As raízes do passado e a mais recente ligação rodoviária do Rio de Janeiro nos
anos 80 impulsionaram a chegada de visitantes de todas as nacionalidades.
Hoje, é uma cidade fervilhante, turística, artística e temática. É um local ideal
para a realização de todos os tipos de festas, que vão do clássico Pinga,

acima, a música e não apenas samba, jazz e blues também, moda e fotografia,
só para citar alguns.

Centro de Paraty
É provável que você vá a Paraty pelas cachoeiras e praias de também, mas
não pode sair sem passar pelo seu centro histórico. Apenas tome cuidando de
onde pisa, porque o chão não é pavimentado e nem o mais confortável.

Ponte rio Perequê-açu
É a imagem mais fotografada do centro de Paraty, com os pequenos barcos
ancorados nas margens e, ao fundo, a ponte com a Igreja Nossa Senhora dos
Remédios.

Precisamente, esse rio divide a cidade: de um lado, o centro histórico e, do
outro, uma pequena praia, a Praia do Pontal e o Forte Morro do Defender
Perpétuo. Há um caminho curto ou trilha para subir e ter uma bela vista da baía
e da foz do rio. Deixando de lado o morro, continuando até Jabaquara, uma
praia muito movimentada, pois é de fácil o acesso a pé.

As praias de Paraty
Jabaquara e Pontal não são as melhores praias Se elas são a principal atração
de Paraty é porque há várias muito boas. Aqueles que realmente se esperar
encontrar no Brasil, com poucas pessoas ou não, onde a floresta se funde com
areia branca e termina em águas cristalinas de temperatura agradável… Você
tem que se afastar da cidade para chegar a algumas mais escondidas, como a
Praia da Lula, a Praia Santa Rita ou a Praia Vermelha.

Além de tudo isso, há também duas caminhadas ou trilhas altamente
recomendadas, que você não deve perder.

Trindade – Piscinas Naturais
A vila de Trindade fica a 25 quilômetros ao sul de Paraty. É uma cidade ainda
mais tranquila, com boas praias e um caminho muito realizado. A maior praia
de Trindade é dividida em três: Praia do Cepilho, Praia de Fora e Praia dos
Ranchos, a última é a mais adequada para tomar banho e estar mais perto de
Trindade.

Praia do Sono – Ponta Negra
De Laranjeiras (também acessível por ônibus de Paraty) outra bela trilha de
uma hora de caminhada até a Praia do Sono, é uma das melhores na área.
Começa e continua as praias: Praia dos Antigos, Praia do Antiguinhos e Ponta
Negra.
As cachoeiras de Paraty

A densa vegetação que caracteriza o Brasil, incluindo a Mata Atlântica
protegida, também é atração de Paraty. Nos arredores da cidade existem
vários passeios que levam a cachoeiras refrescantes
A Cachoeira do tobogã e o Poço do Tarzan estão muito próximos de Paraty e
são locais muito procurados por brasileiros e estrangeiros.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Turismo em Porto Seguro

Passeios imperdíveis no Rio de Janeiro