Como visitar nas Cataratas do Iguaçu, uma das 7 maravilhas do mundo

Embora todos conheçam as Cataratas do Iguaçu, é necessário visitar para ter
plena consciência da magnitude desse monumento da natureza.
Ao longo do caminho entre Brasil e Argentina você descobre como visitar as
Cataratas do Iguaçu, tanto no lado brasileiro quanto no lado argentino. Como
chegar, onde ficar, quando ir, o que levar, o que fazer…

Localização das Cataratas do Iguaçu
As Cataratas do Iguaçu foram escolhidas como Patrimônio Mundial pela
UNESCO e também como uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo e não é
por menos. Esta joia da natureza está localizada no Parque Natural das
Cataratas do Iguaçu, na fronteira entre Brasil e a Argentina.

Totalmente inseridas em áreas protegidas do no Parque Nacional do Iguaçu no
Brasil (Estado do Paraná) e Parque Nacional do Iguaçu na Argentina (província
de Misiones).
Então, se você quiser visitar completamente o local, terá que trilhar os dois
países. Não se preocupe, é um dos lugares mais visitados do mundo e tudo
está organizado que isso aconteça facilmente.

Como chegar às Cataratas do Iguaçu?
As cidades mais próximas são Foz do Iguaçu, no Brasil e Puerto Iguazú, na
Argentina, o caminho a para chegar as Cataratas são bem conhecidos nos dois lugares.

Melhor época para visitar as Cataratas do Iguaçu
As Cataratas do Iguaçu estão localizadas em uma área de floresta tropical e
durante o ano elas passam por duas estações. O verão; a estação quente e
úmida, de outubro a março. Com temperaturas entre 33º e 20º e o Inverno, a
estação relativamente seca e fresca, de maio a setembro. Com temperaturas
entre 25º e 10º.

Embora geralmente chova ao longo do ano, os meses de verão tendem a
ocorrer mais, mas também são os meses em que há mais fluxo de água nas
cachoeiras. O ideal é que não chova, embora tenha um grande afluxo de
turistas durante todo o ano, na baixa temporada há menos linhas para tudo.
Portanto, a recomendação seja visitar as Cataratas do Iguaçu de maio a
setembro, na baixa temporada, com preços um pouco mais acessíveis e
temperaturas mais suportáveis ​​para passar um grande dia da natureza.
Hospedagem

Foz do Iguaçu fica cerca de 30 km das Cataratas e é a cidade considerada
mais multicultural do Brasil. No município também está o cruzamento da
Tríplice Fronteira e da Barragem de Itaipu. Nesta cidade o tipo de alojamento é
mais urbano, podendo reservar hotéis da cidade, pousadas, apartamentos…
Já em Puerto Iguazú no norte da Argentina e que fica cerca de 20 km das
Cataratas, é uma pequena cidade, mais atraente que a conecta as Cataratas e
o marco de 3 fronteiras (Brasil, Paraguai e Argentina), mas um lugar
confortável, barato e seguro para ficar. Se você viaja com orçamento apertado
ou você gosta de turismo de natureza, recomenda-se esta opção.

O que visitar nas Cataratas do Iguaçu?
Como o rio Iguaçu age como uma fronteira natural, deixando um país para
cada lado, para ver toda a catarata, são necessários pelo menos dois dias, um
para ver o lado brasileiro e outro para ver o lado argentino.
Em ambos os lados existem passagens perfeitamente colocadas para
aproveitar ao máximo o encanto natural da região, desfrutando de diferentes
perspectivas de todas as quedas das cataratas.

A ordem de viagem em ambos os lados é a mesma. É começar a andar a partir
do lado norte das Cataratas, enquanto se vai apreciando a flora e fauna nativas e parando em muitos pontos de vista para tirar as melhores fotos, até o ponto
final da Garganta do Diabo.

Garganta do Diabo
A Garganta do Diabo é como é chamada a primeira queda d’água do rio
Iguaçu. É a mais espetacular de todas e é uma cachoeira em forma de U, com
mais de 80 metros de altura. A força com que a água cai é tal que cria uma
nuvem de gotas que espirra e não deixa ver o fundo. Sem mencionar o som
trêmulo das cachoeiras caindo.

Como se locomover?
Há ônibus que atravessam a fronteira do Brasil e Argentina diariamente para
levar os turistas às Cataratas do Iguaçu. Você só terá que mostrar documentos
na alfândega. Na entrada, o bilhete é pago e você é levado em um ônibus
turístico que leva você diretamente para o início da trilha.

Muitas pessoas se perguntam qual lado das Cataratas é melhor visitar. Em
suma, 80% das quedas estão do lado argentino e a mais panorâmica é do lado
brasileiro. Então, o ideal é visitar ambas as partes para ver as cachoeiras na
totalidade.

É verdadeiramente emocionante! Lá você pode entrar em um elevador para o
ponto de vista superior e para o restaurante e lojas de souvenir. É realmente

um lugar espetacular, que vai deixar você sem palavras, seja você um amante
ou não da natureza.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

O que ver em Brasília, a cidade que encanta pela arquitetura

O que visitar em Fortaleza, a cidade onde o sol reina