Pontos Turísticos de Belém do Pará

Belém fica situado na região Norte do Brasil. Sua capital é o estado do Pará. É
uma cidade história e também portuária, com um clima que é equatorial. É
também a capital mais chuvosa do Brasil, que é influenciada pela Amazônia.

Uma cidade que conta com muitas fortificações, igrejas, monumentos, parques e museus, surgindo como um grande roteiro turístico no Brasil.

O que visitar em Belém do Pará
Belém do Pará é muito querida por ter muitos de seus bairros que são
encantadores e desde a época que era colonial, com muitos edifícios e suas
zonas que são históricas e muito bem preservadas. Em sua área há muitas
atrações que são turísticas e naturais.

Seus pontos turísticos
Vamos começar pelo seu mais famoso ponto turístico que é o Mercado Ver-O-
Peso. É tido como a maior feira que é aberta da América Latina e também como o mais conhecido cartão postal dessa cidade, com suas muitas barracas que vendem de tudo um pouco, como frutas que são dessa região, muitas raízes, temperos, ervas, óleos, artesanato ou suas comidas típicas, acha-se de tudo.

Um marco na fundação dessa cidade
Esse é o Forte do Presépio que fica localizado no Complexo Feliz Lusitânia, que foi erguido para poder defender a cidade de invasões. É possível ver os seus canhões, que são originais e fica em seu pátio interno e também se deslumbrar com a sua bela vista para o rio Guamá e o Mercado Ver-O-Peso, que fica perto dali. O lugar também guarda um museu, com um pouco dessa história.

A Casa das Onze Janelas
Esse é um principal ponto turístico em Belém, que é a Casa das Onze Janelas,
que também é uma construção de muita história, que foi a antiga morada de um senhor de engenho e hoje é um espaço de cultura, com obras de Tarsila do
Amaral, Alfredo Volpi e Lasar Segall, com um belo jardim e seu restaurante
Boteco das Onze. Um belo passeio e com muita história também.

Um antigo porto

É a Estação das Docas, que foi totalmente revitalizada e depois modificada em
um ponto turístico, com restaurantes, bares, muitos espaços para exposição, lazer e um bonito calçadão que fica bem de frente para a baía do Guajará, que recebe cerca de 1 milhão de visitantes ao ano. Se tiver um tempinho a mais nessa viagem, aprecie o pôr do sol perto do rio. É lindo demais!
Faça um passeio de barco

Saindo desse antigo porto, que é a Estação das Docas, faça um passeio de
barco, por seus furos e igarapés, pelo rio Guamá e também o Furo da Paciência, que é um canal que dá para o Rio Acará. O trajeto pode durar 3h30, para conhecer toda a vegetação amazônica e pode ser feito por algumas empresas de turismo.

Uma área de proteção ambiental
O Mangal das Garças é um pouco da Floresta Amazônica localizada bem no
centro histórico de Belém. Possui entrada franca, mas com algumas atrações que são pagas, que podemos citar o viveiro das aves ou o seu Farol de Belém, com uma bela vista para a cidade, há também um dos melhores restaurantes da cidade. São quase 40.000 metros de área verde, nesse passeio.
O orgulho dos paraenses
O orgulho dos paraenses é o seu Theatro da Paz, que foi construído no século
19, sendo o maior símbolo da era que foi considerada de ouro na Amazônia,
durante o Ciclo da Borracha. O prédio só não abre as segundas; e aos domingos acontece uma feira de artesanato, que é muito tradicional em sua Praça. É uma das mais lindas casas de espetáculo de nosso país também.

A Basílica de Nazaré
Ir a Belém é pensar no Círio de Nazaré, que é um dos maiores eventos religiosos
do mundo também e no mês de outubro, traz milhões de pessoas que nessa
festa, a imagem de Nossa Senhora deixa a Catedral de Belém para seguir até a
sua Basílica em um enorme procissão de fé. É a única Basílica da Amazônia, que foi construída a partir do ano de 1909.

Um Museu sobre a Amazônia
Saindo da Basílica de Nazaré, vá até o Museu Emílio Goeldi, que contém peças
que contam a história da Amazônia e também guarda um pouco dessa região
amazônica em si. É o Museu mais importante de Belém, mas a cidade conta com outros também e já emende esse passeio na Ilha do Combu.

Uma ilha
A Ilha do Combu é perfeita para almoçar. É também uma reserva ambiental
habitada por 200 famílias que são ribeirinhas e que dá para ver os prédios da sua
capital. Visite Belém e faça um roteiro em sua viagem, utilizando nossas dicas.
Não deixe de se deliciar com sua comida dessa região, que é uma atração por si
só também.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Turismo em Brasília

Pontos Turísticos de Minas Gerais