Destinos

Vale a pena comprar passagem Light?

Anúncios

Digamos que você tenha comprado ou pesquisado sobre passagens aéreas nos últimos meses e se fez isso provavelmente você se deparou com a seguinte situação: de um lado apareceu uma tarifa mais em conta, mas com algumas limitações – como é o caso de despachar bagagens – e do outro foi encontrado uma tarifa que permite o despacho de suas malas, mas também realizar alterações em sua passagem sem a cobrança de outras tarifas para isso – entretanto, como é possível imaginar, o custo é bem maior.

É importante saber que cada companhia área apresenta as suas próprias políticas de tarifa, categorias e benefícios, mas de uma forma geral existem três tipos de tarifas que são aplicadas pelas companhias aéreas: tarifa econômica, tarifa básica e tarifa completa.

Assim quando entendemos como é cada uma fica mais fácil perceber o que se está comprando. 

Dessa forma, como o nome já diz, a tarifa econômica é aquela passagem mais barata e que geralmente se apresenta com uma tarifa promocional e entrega para o viajante poucos (ou zero) benéficos.

Já a tarifa básica, pode ser considerada como um meio termo entre as tarifas, podendo conceder algumas vantagens para o cliente.

Em compensação a tarifa completa, que geralmente as companhias aéreas vendem por um preço maior, dá direito a assentos muito mais confortáveis, cancelamento da passagem ou até mesmo alteração da reserva, sem a incidência de custos e até mesmo com a possibilidade de ganhar milhas para realizar outras viagens.

Mas qual é a diferença entre tarifa aérea e classe do voo?

Para prosseguirmos no assunto, é preciso trazermos um detalhamento que é a diferença entre a tarifa aérea e a classe de voo (que é classificada como econômica, executiva e primeira classe).

Quando falamos de classe, estamos falando do setor do avião em que você viajará, ou seja, qual será o tipo de seu assento, quais são as variedades de refeição, o atendimento, e as mais diferentes atividades.

Porém, ao falar da tarifa, estamos falando das condições da passagem, que envolvem o despacho das malas, cancelamento ou remarcação do voo e também várias outras finalidades que acontecem antes do embarque.

De modo geral, é possível pagar uma tarifa completa para a classe econômica, ou viajar de classe executiva optando por pagar uma tarifa mais básica. Agora que entendemos a diferença, vamos entender um pouco mais quais são as diferenças entre as tarifas.

Tarifas aéreas – Benefícios

Vamos entender um pouco melhor quais são as tarifas aéreas e depois nos focar nas tarifas light.

  • Tarifa econômica – Como o nome já entrega a principal vantagem dessa tarifa é justamente o preço baixo. Nessa tarifa você pode levar apenas uma bagagem de mão e que esteja de acordo com as regras de especificidade para o seu tamanho. Portanto se você estiver pensando em uma viagem rápida esse tipo de passagem é o ideal para você.
  • Tarifa básica – nesse tipo de tarifa é possível despachar as suas malas sem nenhuma preocupação e ainda poderá ter alguma outra regalia. Esse tipo de tarifa é recomendado para as pessoas que buscam um voo mais confortável e não tem dúvidas que a sua viagem acontecerá na data que foi marcada.
  • Tarifa completa – Essa tarifa é voltada para aquelas pessoas que precisam realizar a compra de uma passagem, porém, pelo motivo que for, não tem certeza se conseguirá embarcar. Por exemplo, imaginem aquele feriado em que você se preparou para uma viagem mais longa, emendado todas as datas, mas do nada acontece alguma coisa super importante e você não tem mais essas datas. Pois bem essa tarifa é aquela onde você pode alterar as datas ou cancelar a sua viagem sem a necessidade de pagar algum outro tipo de tarifa.

Tarifa Light Latam – falando um pouco da tarifa light da Latam, nessa categoria é possível levar uma mala de mão de até 10 kg e escolher qual será a sua poltrona. Além disso, se o cliente decidir despachar uma mala de até 23kg será necessário pagar uma tarifa no valor de R$40 e se houver necessidade de realizar uma alteração na reserva, a taxa é de R$ 172.

Ainda é preciso ressaltar que para a Tarifa Light da Latam não existe qualquer tipo de reembolso no caso de cancelamento que seja feito pelo cliente, porém se for realizado pela companhia aérea é importante saber quais são as regras sobre atraso, cancelamento e overbooking no Brasil, sendo que essas regras precisam ser cumpridas por qualquer empresa.

Tarifa Light Gol – No caso da Gol, os clientes que escolhem a sua Tarifa Light, pode levar uma mala de mão de até 10 kg. Para despachar qualquer mala, deverá pagar uma tarifa de R$ 30 (se for feita pela internet ou pelo telefone) ou R$ 60 se o cliente optar por fazer o despacho no balcão, no momento do check-in.

Além disso, para as pessoas que querem marcar o seu lugar no avião, precisará pagar uma tarifa de R$10. E pensando em remarcação de sua passagem deverá ser pago uma taxa que varia de R$170 ou até 100% do valor da passagem (no caso será considerado sempre o menor valor). E se o cliente resolver cancelar a sua passagem, o valor pago não será reembolsado.

De uma forma geral as tarifas Light ofertadas pelas companhias aéreas se encaixam nos seguintes critérios:

  • Bagagem – sem bagagem despachada de forma gratuita
  • Marcação de assento – R$10, para Assento GOL + conforto ainda apresenta um custo adicional
  • Antecipação de voo – Valor de R$ 50. Permitida somente até 6 horas do voo original
  • Snack – gratuito, mas existe venda de outros alimentos
  • Alteração e cancelamento – R$ 170,00 ou 100% do valor da passagem, sempre considerando o menor valor
  • Reembolso – cancelamento pelo cliente não reembolsável
  • Prioridade de check-in – não
  • Prioridade de embarque – não
  • Prioridade de retirada de bagagem – não
  • Não comparecimento – R$ 250,00 ou 100%, sempre considerando o menor valor
  • Desconto para crianças – A partir de 25%

Vale a pena comprar passagem light?

A passagem light pode ser uma boa pedida para aquelas pessoas que vão fazer uma viagem curta de apenas alguns dias, que não precisem de muitas roupas, e que tenham certeza que irão comparecer para realizar a viagem.

Caso contrário, apesar das tarifas light custarem menos, elas apresentam um efeito colateral, principalmente ao chegar no aeroporto e descobrir que precisa despachar a sua mala. Ou seja, esse tipo de preocupação é muito importante na hora de escolher a sua tarifa.

Em Alta

content

Cartão de crédito Meu Cartão

O Meu Cartão é considerado um cartão de crédito bem diferente. É um cartão que respeita todas as suas escolhas e pode ser utilizado como um cartão que é das Lojas Renner S.A. É internacional e pode ser usado em todo o Brasil ou no exterior. Ele possui um clube de vantagens que é destinado para todos os seus clientes.

Continue lendo

Você também pode gostar