7 pratos típicos do Brasil que você deve provar


Os pratos típicos do Brasil é a mistura da cultura de europeus,
indígenas e africanos. As refeições são ricas, saborosas e com diferentes
formas de preparo e ingredientes. O preparo segue tradições, transmitidas por
gerações.

Aqui listamos 7 pratos conhecidos, diversificados e preferidos da culinária
brasileira.
Feijoada
É prato típico do Rio de Janeiro e um dos mais conhecidos e populares no
nosso país e fora dele. A feijoada consiste em uma mistura do feijão preto
cozido, com partes menos nobres do porco, como orelha, rabo, além de
linguiça e carne seca e vem acompanhada de couve e de arroz.

Apesar da feijoada ser tida como um alimento que surgiu a partir dos escravos
africanos, historiadores dizem que essa forma de culinária com a mistura vários
tipos de carnes, legumes e verduras é algo que já se faz a milênios.
O feijão preto é originário da América do Sul, a farinha de mandioca também
tem como origem o nosso continente.

Acarajé
O acarajé é típico da Bahia, sendo feito pelas baianas em suas barracas
espalhadas pelas ruas da Bahia.
Essa comida é de origem africana formada por um bolinho de feijão fradinho,
frito em azeite de dendê e recheado com vatapá, camarão seco, vinagrete e
pimenta. Se te perguntarem se gostaria do acarajé quente ou frio, lembre-se
que “quente” na Bahia quer dizer apimentado.

Existem diversos tipos de receitas de acarajé que agradará a todos os tipos de
gostos: o acarajé completo feito com vatapá, vinagrete e caruru; tem o acarajé
feito com coentro; o acarajé de liquidificador com ingredientes batidos; e até
acarajé vegano sem nada de carne ou derivados.

Pão de queijo
Quando se fala em pratos típicos do Brasil o pão de queijo não pode ficar de
fora. Cada pessoa tem sua própria forma para fazê-lo, mas o resultado é
sempre o mesmo.

O pão de queijo é mais uma das adaptações por falta de ingredientes. Para
fazer um pão de queijo é preciso ter bons ingredientes à mão. O polvilho
industrializado atrapalha a textura sendo melhor é a versão artesanal, junto
com ovos caipiras e um queijo salgadinho e firme para ser ralado.
Pato no Tucupi

Ele é um prato típico do Pará de origem indígena, na qual eles usavam o tucupi
para preparar patos selvagens, com eles sendo assados em pedras. O
consumo de carne de pato era constante no período colonial.
O tucupi é uma substancia amarela extraído da raiz da mandioca brava. Ele é
venenoso, mas deixa de ser quando é fervido lentamente por muitas horas
para que perca todo o ácido cianídrico.

No preparo do pato no tucupi usa-se: 1 pato grande, 2litros e meio de tucupi,
maços de jambú, chicória, pimenta cheirosa, cebola, tomate, alho, folhas de
alfavaca, azeite, vinagre, colorau, cheiro verde e sal.

Açaí
O açaí é um fruto que vem do açaizeiro que é uma palmeira da região
amazônica. Nos dias de hoje, é muito fácil encontrar barraquinhas de açaí em
praias ou em outras sobremesas geladas. Ele pode ser batido com guaraná,
banana ou morango, até misturado com granolas, calda de sorvete,
granulados, jujubas, etc.

Mas, originalmente, ele era usado para acompanhar refeições com peixes fritos
e camarões, misturado a farinha de mandioca. Ele é ótimo para a saúde, pois
possui vitaminas, ferro, cálcio fósforo, antioxidantes, estimulantes anti-
inflamatórios, etc.

O açaí previne o envelhecimento, fortalece o sistema imunológico, melhora o
sistema cardiovascular, melhora o funcionamento do intestino, fornece energia
e combate a anemia.
Arroz com Pequi
O Pequi é um fruto que é encontrado no cerrado de gosto forte e diferente. A
árvore do pequi é protegida por lei, sendo o seu corte e comercialização
proibidos em todo o território nacional.

É possível aproveitar quase tudo do pequi, exceto os espinhos, da casca pode
ser uma tinta acastanhada, a raiz é usada para matar peixes, as cinzas são
usadas na fabricação de sabões caseiros, as folhas contêm tanino usados
pelas tecelãs. O que é consumido do pequi são suas sementes, que podem ser
transformadas em polpa para doces e licores.

Ele é usado em diferentes receitas tradicionais da região centro-oeste e uma
delas é o famoso arroz com pequi. O prato consiste em um arroz normal,
cozido junto com o pequi. O arroz fica com a cor amarela, com sabor e cheiro
característicos.

Brigadeiro
O brigadeiro é a sobremesa quase unânime do Brasil. Ela está presente em
todas as regiões do nosso país, seja em aniversário de criança ou mesmo em
casamentos.

É um doce paulista tipicamente brasileiro, inventado no nosso país, sem
interferência externa. Ele é a mistura de leite condensado, manteiga, cacau em
pó e chocolate granulado para a cobertura.
Tem brigadeiro de: limão siciliano, cachaça e passas, castanha do Pará, frito,
banana com avelã, etc.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

7 praias do nordeste que você deve conhecer

7 viagens bate e volta pelo Brasil