Como tirar o visto na pandemia?

Uma dúvida frequente pelas pessoas que precisam tirar ou renovar o visto em época de pandemia. O visto tem sido um assunto muito complexo e até para as embaixadas e consulados. Há algumas exceções em relação à suspensão dessa entrada, o que pode incluir exceções para os residentes permanentes legais e muitas outras.


A partir da declaração do estado de pandemia pela OMS (Organização Mundial da Saúde), os órgãos se depararam com algumas questões, que até então eram novas para todos os governos mundiais e ainda está sendo avaliada a questão que é relativa dos estudantes internacionais. Diversos países estão enviando diferentes comunicados todos os dias.


O visto é uma autorização considerada como condicional, que é concedida por um país que é estrangeiro, o que pode permitir uma pessoa de entrar, sair ou permanecer dentro desse mesmo país. Os vistos que são os mais comuns podem incluir os tempos de limites de entrada do estrangeiro, o território dentro de um país que eles podem entrar e as suas datas.


Outras formas de visto são com um número de visitas que é permitida em um determinado país ou pelo direito de uma pessoa estudar e de trabalhar. Os vistos estão ligados em uma permissão de uma pessoa entrar em um país e em alguns deles, há permissões que são bem diferentes para um estrangeiro. Em cada caso, um visto está sujeito a uma permissão e pode ser revogado a qualquer momento.


Informações da embaixada brasileira nos EUA
A embaixada dos Estados Unidos no Brasil cancelou as entrevistas que eram rotineiras de visto de imigrante e não imigrante. Esse cancelamento é válido para os consulados que estão no Brasil. Não há uma data para que todos os atendimentos da embaixada dos Estados Unidos voltem, mas a expectativa é a de que todos esses serviços possam ser retomados o mais rápido possível.


A taxa que é paga para a solicitação de um visto, tem a validade de um ano e a partir que é da data de pagamento. Portanto, um novo agendamento poderá ser realizado respeitando sempre a esse prazo. Se o viajante tiver um assunto que seja considerado como urgente nos EUA, precisando ir imediatamente para lá, a orientação é a de que faça um contato para essa embaixada.


Todas essas medidas foram tomadas por causa da pandemia do Coronavírus e já são mais de 9 milhões de casos em todo o mundo, com o número de contaminados dessa doença ainda crescente em alguns países, com as pessoas somente podendo sair para comprar medicamentos e alimentos, ir a um hospital ou para outras urgências que podem ocorrer no momento da proliferação desse vírus.


As embaixadas e consulados dos Estados Unidos seguem abertas, para que possam atender aos cidadãos dos Estados Unidos no exterior. O país recomenda que, quem esteja em território nacional não viaje para o exterior. Os EUA já adotaram uma série restrições para os estrangeiros, proibindo os voos que vinham da Europa e com o governo dos Estados Unidos, fechando a fronteira com o Canadá.

A emissão do visto na pandemia em outros países
O serviço de imigração irlandês interrompeu temporariamente o pedido de novos vistos. Apenas os casos considerados como urgentes é que serão avaliados, como para os casos de visto para profissionais que são de saúde, para os pesquisadores em saúde, profissionais que prestam assistência para os idosos e os familiares que são imediatos de cidadãos que são da Irlanda.


Na Nova Zelândia o seu governo fechou a fronteira, para quase todos os viajantes, com um reforço que é para as restrições nas viagens. No site oficial há um comunicado que diz o seguinte: as pessoas que tiverem os vistos de trabalhos, de estudantes ou de visitantes, com vencimento entre 02/04/2020 e 09/07/2020 terão uma autorização que é automática estendida para até o dia 25/09/2020.


Para os Estados Unidos, essa emissão de vistos está fechada no Brasil e todas
aquelas entrevistas que já foram agendadas nos Consulados de Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro e em São Paulo, estão canceladas, sem uma previsão para esse retorno. Nos casos dessa taxa já ter sido paga, ela seguirá como válida por até 1 ano e a partir da sua data de pagamento, podendo ser remarcada sem custo.


O consulado do Canadá no Brasil ficou fechado até o dia 13 de abril. O órgão já emitiu um comunicado, com a informação de que nesse período não receberia novas solicitações de visto. O decreto foi aprovado na época para que fosse protegida a saúde pública durante a pandemia e para ficar em conformidade com a lei local. O seu funcionamento está sujeito á uma autorização das entidades que são reguladoras.


Os países que são da União Europeia irão barrar a entrada dos viajantes, que vivem em locais em que a pandemia não está controlada, como no Brasil, por exemplo. As suas fronteiras pretendem ser reabertas somente a partir do dia 1º de julho. Na prática isso significa que os brasileiros estão impedidos de entrar no continente europeu e enquanto o nosso país não controlar essa doença.


As embaixadas e consulados no exterior
Os lugares que são para auxiliar os brasileiros no exterior são denominados como os consulados e as embaixadas. Em razão dessa pandemia que é a do Coronavírus, porém em atenção a todas as determinações que são das autoridades locais, muitas repartições consulares do Brasil, precisaram alterar as suas rotinas que eram destinadas para o atendimento ao público.


O mais recomendável para se ter informações, para tirar o seu visto é o de consultar a lista de repartições consulares brasileiras no exterior, para que possam ser verificados os horários de atendimento ao seu público, que é externo, bem como, consultar os telefones que são de plantão da sua unidade, que é a mais próxima de você, que pretende tirar o seu visto em época de pandemia.


Essa pandemia levou a diversos países a fecharem e a abrirem as suas fronteiras, devido a um novo surto dessa doença, levando esses países a adotarem medidas para que sejam evitadas a sua propagação. Portanto, mantenha sempre informado sobre todas essas novidades, para tirar o seu visto, nessa época em que tudo pode mudar de uma hora para outra e seguindo a ocorrência desse vírus.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Por que os pacotes de viagem são mais convenientes?

Como os guias de turismo se reinventaram na pandemia