O que ver em Brasília, a cidade que encanta pela arquitetura

 

Capitais de países são centros comerciais, político e econômico; é onde
ocorrem todas as grandes mudanças radicais e revoluções, onde a maioria da
população e uma grande parte dos movimentos artísticos e culturais estão
localizadas, mas há algo que caracteriza, absolutamente, todas as capitais do
mundo: elas nunca representam a verdadeira essência do país. Entretanto,
mostram a verdadeira cultura e os costumes de um país e Brasília não é a
exceção.

O que ver e fazer em Brasília?
Você pode ficar quantos dias que achar necessário, mas Brasília é uma cidade
que você pode visitar facilmente em um final de semana. É uma das capitais
mais modernas que você pode visitar e difere consideravelmente do resto das
grandes cidades brasileiras e por isso vale a pena dar uma chance.

Arquitetura
A primeira coisa que se deve enfatizar é na arquitetura da cidade que foi
escolhida pela UNESCO como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade
por esse motivo a única cidade construída no século XX que recebeu esse
reconhecimento. Você imagina os edifícios e prédios que você pode encontrar
lá? Não pense em uma cidade cheia de arranha-céus gigantes ultramodernos
que se amontoam, mas, ao contrário, imagine grandes espaços verdes e um
edifício chamativo localizado no meio.

Eixo Monumental
A primeira recomendação para o seu itinerário por Brasília é caminhar pelo
Eixo Monumental, uma grande avenida onde você pode encontrar a maioria
dos edifícios governamentais mais coloridos e os monumentos mais
importantes da cidade. É provável que você não consiga em um dia para
passar por todos os lugares que valem a pena. As distâncias entre cada ponto
interessante são geralmente muito longas para andar a pé, mas, ao mesmo
tempo, é o caminho que você mais agrada, portanto, sugere-se que você deixe
pelo menos dois dias para conhecer essa área.

Praça dos 3 poderes
Há vários pontos turísticos que você pode encontrar enquanto caminha por
essa avenida, o primeiro que vale a pena é a Praça dos 3 poderes. Esse
imenso espaço urbano deve seu nome aos três edifícios que o cercam, em
representação dos três poderes governamentais: o prédio do Congresso
Nacional que representa o poder legislativo, o Palácio do Planalto, que é do
poder executivo e o prédio do Supremo Tribunal Federal, que fica em nome do
poder judiciário.

A visão dos três edifícios é uma das paradas obrigatórias de Brasília desde que
você possa apreciar o quadrado na totalidade. Da mesma forma, é também a
visita a cada um dos edifícios, mas tenha em mente que as distâncias entre
cada prédio são enormes e sob o calor de Brasília se torna uma tarefa muito
opressiva, então se lembre de levar água e protetor solar.

Congresso Nacional
Quando chegar ao Congresso Nacional, você vai descobrir que foi construído
especialmente para os amantes da arquitetura e da fotografia. Cada detalhe
vale a pena e recomenda-se que você assista o pôr do sol de lá.

Memorial JK
Outro dos local a visitar no Eixo Monumental é o Memorial JK. É uma parada
obrigatória para todos que querem conhecer o interior e entender a essência de
Brasília. O museu do presidente Juscelino Kubitschek, fundador de Brasília, é
muito bem elogiado com as fotografias do presidente, com a esposa e os
pertences pessoais, você pode se aproximar um pouco mais da vida desse
fundador visionário e talvez ter uma imagem mais pessoal.

Museu dos Povos Indígenas
Ao lado do Memorial, está o Museu dos Povos Indígenas. Normalmente não é
um dos pontos mais visitados, mas é recomenda que você visite se quiser se
aprofundar ainda mais na história do país e as diferentes culturas do Brasil.

Catedral Metropolitana de Brasília
A Catedral Metropolitana de Brasília fica no centro e a construção se destaca
por cada detalhe meticulosamente planejado pelo arquiteto responsável,
ninguém menos que Oscar Niemeyer (responsável por vários dos mais
importantes edifícios de Brasília).

Lago Paranoá
O Lago Paranoá é o que você precisa para se desconectar do cimento e se
conectar totalmente com a natureza embora seja um lago artificial é onde você
pode se aventurar e realizar uma grande variedade de atividades aquáticas,
como vela, remo e até mesmo snorkeling. Você não pode ir ao lago para
apreciar, fazer caminhada ou piquenique. Neste ponto, possível encontrar
vários lugares com comida local para experimentar.

Ponte Juscelino Kubitschek
Atravessando o lago você se depara com outra das impressionantes
construções da capital do Brasil, a Ponte Juscelino Kubitschek. Passando por
este monumento, se tem uma visão completa da natureza que faz fronteira com

o Eixo Monumental e, se você gosta de arquitetura, também vai ficar encantado
com a precisão em que foi a cidade foi construída.
Brasília não tem comparação com nenhuma outra capital mundial. Não espere
tráfego caótico ou ruas cheias de turistas, mas uma cidade planejada que
agrada pela arquitetura.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

O que ver e fazer em Belo Horizonte, a bela cidade de Minas Gerais

Como visitar nas Cataratas do Iguaçu, uma das 7 maravilhas do mundo