América do Sul

Vale a pena conhecer o Jalapão?

Anúncios

O jalapão está localizado a leste da capital do Tocantins, de forma que ele faz fronteira com diversas cidadezinhas onde os viajantes podem começar a sua jornada nesse Deserto de Águas, extremamente surpreendente e de uma beleza sem igual.

Para aqueles que desejam conhecer o local é preciso viajar 180 quilômetros de Palmas e se dirigir para uma das cidadezinhas que estão na fronteira do Jalapão. Entre as opções de cidades, existem diversas, como é o caso de Novo Acordo, Mateiros, Santa Tereza, Ponte Alta e São Félix. É preciso lembrar que todo o trajeto deve ser feito em carros 4×4, o que faz com que logo no início a aventura já seja inesquecível.

Natureza de tirar o fôlego

Uma forma bastante simples de classificar o jalapão seria “Natureza estonteante”, de fato a paisagem do cerrado que permeia todo o local pode ser visto nos mínimos detalhes, podendo ser visto em suas lagoas, lagos, dunas, riachos e cachoeiras que juntas dão um contraste mais do que magnífico para o destino, o qual é extremamente inexplorado e exclusivo.

Assim que se entra no Jalapão já é possível se refrescar, observar a fauna e a flora nos mínimos detalhes, já que é possível enxergar a natureza em seu estado mais puro. E tudo isso sem que você precise se preocupar com muitos turistas e aventureiros, já que o Jalapão consegue ser um paraíso exclusivo, pois como ele ainda é muito pouco visitado, ainda consegue manter o clima de preservação, imprescindível para uma ótima aventura.

Fervedouros

O mais impressionante do Jalapão é que se você voltar 10x para o local ainda assim será possível encontrar algo inusitado. Isso se deve aos seus fervedouros, que podem ser considerados uma espécie de nascente/poço que diverte muito os turistas mais curiosos.

O nome fervedouro se refere ao que acontece com a água desses poços, já que existe uma força no fundo que não permite que as pessoas consigam chegar até o fim daquela água incrivelmente cristalina e fresca.

Dunas do Jalapão

As dunas do jalapão são paredões de areia dos mais imponentes e que proporcionam os melhores pôr do sol que existe no Brasil. Esses locais podem ser visitados em um bate-volta para poder apreciar o local logo ao cair do dia, sendo que a paisagem se torna um local alaranjado, rosa e avermelhado até que a noite comece a cair, de forma que a imensidão e o silêncio se torna um maravilhoso local de descanso.

Tranquilidade longe da civilização

O Jalapão é um local ideal para as pessoas que querem ficar longe da civilização, que vem se tornando cada vez mais barulhenta e estressante, sendo que o Jalapão é considerado o destino ideal, principalmente se o viajante quiser visitar a Serra Geral, que se localiza a um pouco mais de duas horas de viagem do último vilarejo.

No local é possível realizar um passeio pelo Cânions Suçuapara, local onde o viajante pode realizar uma trilha curta em um terreno íngreme com chão de cascalho, porém bastante firme. O mais impressionante do local é no caminho é possível caminhar nas águas do cânion, de forma a apreciar toda a beleza, que é definitivamente uma das paisagens mais bonitas de todo o globo.

O que é importante levar para a sua viagem no Jalapão

Na sua mala de viagem para o Jalapão precisa ter: roupas leves e confortáveis, tênis para caminhada e trilha, óculos de banho, chapéu ou boné, protetor solar e repelente. Além disso, é bastante importante que você tenha sempre garrafinhas de água e alimentos que sejam fáceis de transportar, como é o caso de barrinhas de cereal ou castanha.

Além disso é possível acampar na região, sendo que nesse caso é preciso levar equipamento para camping como barraca, saco de dormir, lanterna, fogareiro e outras coisas importantes. É importante que o viajante também tenha em suas mãos um “kit de primeiros socorros” já que não será tão simples encontrar uma vila que apresente uma mercearia ou farmácia.

Qual é a melhor época para visitar o Jalapão?

O melhor momento para viajar para o Jalapão é o período de seca, que vai de maio a setembro. Durante esse período as águas dos fervedouros ficam extremamente transparentes e não apresenta risco de que a chuva atrapalhe os seus planos. Dessa forma os meses de maio e junho são ideais, já que a umidade não fica completamente baixa a ponto de atrapalhar a sua respiração durante as caminhadas.

Já a estação de chuvas que vai de outubro a abril não é a temporada mais indicada para aqueles que querem conhecer a região. Com as chuvas alguns atrativos não podem ser visitados devido a sua chuva e também as atividades ao ar livre ficam bastante restritas.

O que pode ser feito no Jalapão?

Como foi mencionado o grande atrativo do Jalapão é realmente os seus fervedouros, sendo que alguns se destacam ainda mais para se visitar. Dentre eles é possível citar:

  • Fervedouro Bela Vista

Esse fervedouro de água fria, apresenta as suas nascentes brotando da areia, as quais vertem de bolhas, dando a impressão que o local está em constante ebulição. Um dos diferenciais desse fervedouro é que no momento que você fica sobre a saída de água, seu corpo não afunda.

Esse fervedouro é o maior e mais famoso, contando 15 metros de diâmetro, com água azul-esverdeada e está no meio de árvores e buritis. Essa experiência renovadora apresenta um maravilhoso contato com a natureza. Entretanto, a entrada para esse fervedouro custa R$15 e permite que os visitantes fiquem 20 minutos dentro da água, com o limite máximo de 10 pessoas por vez.

Esse fervedouro fica em uma pousada de mesmo nome, onde é possível se hospedar, ficar na área de acampamento e realizar as suas refeições no restaurante.

  • Fervedouro Encontro das Águas

O Fervedouro Encontro das Águas é aquele que apresenta uma das pressões mais altas de todos em suas nascentes, de forma que você não consegue realmente afundar. No local uma das brincadeiras mais divertidas é tentar empurrar as pessoas para baixo e ver que elas continuam boiando. Entretanto, esse fervedouro é bastante pequeno, sendo que apenas quatro pessoas podem entrar por vez.