Viagem para Israel

Um dos destinos mais atraentes do mundo para se fazer uma viagem é Israel. Cultura, história e fé ficam entrelaçados. É para aquelas pessoas que querem uma busca em fugir de roteiros de viagens comuns, num país que é com características únicas, com a modernidade se cruzando com as tradições que são descritas há milênios e nos livros sagrados.

Publicidade

É uma viagem incomum, de muita emoção, com os turistas se deparando com histórias que são milenares, mas que até hoje são mantidas e que para muitas pessoas a região é denominada como Terra Santa. Apenas no ano de 1948 é que Israel passou a ser reconhecida como um país que é independente, com questões que envolvem conflitos e que sempre é um ponto levantável.

Israel fica situado no Oriente Médio e á beira do Mar Mediterrâneo, convivendo em mais de 2000 anos de histórias, que sempre foram marcadas por confrontos, conquistas e muitas disputas territoriais. Por outro lado, essa ida é para um destino que vai surpreender aos seus viajantes e mais ainda aqueles que pretendem ir muito além dos roteiros que são os religiosos nessa linda viagem.

Publicidade

A região é denominada como uma pequena dimensão que é territorial. Ao mesmo tempo, Israel apresenta uma grande variedade que é a de paisagens naturais, de sítios arqueológicos, museus que são maravilhosos, incríveis praias e também um roteiro que é o religioso e muito significativo para diversas religiões, além de ter a oportunidade de apreciar uma apaixonante gastronomia. 

Tel Aviv – Israel

Como um viajante pode chegar até Israel 

Em primeiro lugar, o viajante deverá se preocupar para longas horas e que acontecerão dentro de um avião. No entanto, para os viajantes que são do Brasil, com pouca gente sabendo, só há um voo que seja direto para Israel, com o avião decolando de Guarulhos e direto para Tel Aviv. Todas as outras rotas deverão passar obrigatoriamente ao menos por uma escala.

O caminho que é o mais comum para um viajante saindo do Brasil e com muitos voos para Israel é para a Europa, pela principal porta de entrada para os voos que são os internacionais no Aeroporto Internacional de bem Gurion, que fica situado na cidade de Lida, numa distância que é de apenas 20 km de distância, do principal centro financeiro que é o desse país e que é Tel Aviv. 

Os cidadãos que são do Brasil, não vão precisar do visto para visitar Israel, mas esse país irá exigir que um viajante brasileiro tenha um passaporte que seja válido, mas com pelo menos seis meses de validade e contando a partir da data que é a de entrada a esse país. Todos os viajantes quando chegam a esse destino, passam obrigatoriamente a um processo que é o de imigração.

A imigração que é a encontrada nesse país e por não exigir um visto, faz com que se tenha um rigoroso sistema que é o de segurança. O viajante para evitar qualquer tipo de problema, deverá responder claramente a todas as perguntas, sem fazer nenhum tipo de brincadeira na área de imigração e ainda levar todos os comprovantes dessa viagem, bem como, os de passagem e hospedagem. 

Jardim do Getsêmani – Israel

Melhor época para essa viagem

A depender da época que um viajante estiver em Israel, ele poderá viver um dia que é de sol na praia do Mediterrâneo e em um momento depois poderá ver também uma bonita camada de neve que poderá cobrir Jerusalém, que é a capital desse país. Para o viajante que preferir por dias com temperaturas que sejam mais amenas, procure viajar durante a primavera e o outono.

Nessas estações do ano, o calor e o frio não são extremos em nenhuma região que é a desse destino. Na época que é a do verão, os dias em Israel são bem mais longos, com uma média que é de 12h de sol. No inverno, o sol permanece no céu e por apenas 5h. Lembramos que, no hemisfério norte as estações que são do ano são opostas ao nosso país que é o Brasil.

Isso significa que como essas estações que são opostas ao Brasil, em Israel o verão é no meio do ano do inverno e o inverno no final. O período mais seco é de maio a agosto, sem incidência de chuvas. Dezembro a fevereiro há uma probabilidade de chuva que é de 35% até 40%. Os meses mais quentes são os de junho até agosto e os meses mais frios são os de dezembro até fevereiro.

Alguns pontos turísticos para conhecer nessa viagem em Israel 

Pode parecer estranho. Em Israel há praias e mais precisamente em Tel Aviv que é banhada pelo Mar Mediterrâneo, que é a mais moderna cidade de Israel. As suas praias são para uma prática que é a de surfe. Visite as praias de Gordon Beach ou a de Hilton Beach, já que ao todo são mais de treze praias e somente na costa de Tel Aviv, num mar que é claro como o do Caribe e com uma areia fina.

Vá até o Jardim e a Gruta do Getsêmani, que é um dos locais percorridos por Jesus e aonde aos pés do Monte das Oliveiras, Jesus teria orado pouco antes de ser preso, num local que é ocupado por oliveiras e que são tão antigas e quanto às histórias que sejam as bíblicas, num jardim que é vizinho á essa gruta e onde os discípulos teriam aguardado por Jesus e enquanto ele orava.

Visite o Mercado Árabe da Cidade Velha de Jerusalém, que é o Arab Souk e também conhecido como Souk Khan Ez-Zheit, que pode ser percorrido em boa parte de ruas que são do Bairro Árabe e que pode ser confundido com as rotas feitas pelos peregrinos e entre uma estação e outra da Via Sacra, mas com o visitante passando por muitas lojinhas e que vendem de tudo.

Muro das Lamentações

Uma visita que emociona a todos os viajantes é conhecer o Muro das Lamentações ou o The Western Wall, que é visto como um constante ritual que é de oração e perante a uma grande parede que é de pedra, que está localizado no Monte Moriá e conhecido pelo local em que Abraão ofereceu o seu filho em sacrifício a Deus. Conheça Israel e numa viagem que ficará marcada em sua memória. 

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Viajar para Portugal pós Covid – Saiba mais!