O que conhecer ao visitar São Paulo?

A rua 25 de março
A 25 de março é famosa pelas compras e, é, uma forma de aproveitar outros
pontos turísticos em São Paulo, sendo o maior centro comercial a céu aberto
da América Latina. É considerada o maior centro de comércio popular da
América Latina, com 400 mil pessoas circulando diariamente por ali. Ela é,
também, um centro de diversificação cultural ou pedaço do oriente formado por
japoneses, árabes, coreanos, chineses. Muitos dos imigrantes vêm ou vieram
para o Brasil por causas de fugas motivadas por perseguição política, religiosa,
miséria e fome.

Nos anos 1960 e década de 1970, foram chegando os chineses e coreanos
com produtos mais baratos. Isso atraiu mais gente, mas prejudicou os
comerciantes antigos. Os primeiros produtos comercializados eram porcelanas
japonesas e chinesas, cutelaria alemã, rendas suíças e francesas, casimira
inglesa. Na época o aluguel era barato, havia uma estação de trem e um
mercado público.
Os árabes são donos da maior parte das propriedades na área. Mesmo com os
preços altos, a demanda por imóveis na região é grande.

Praça da Sé
É considerado o centro geográfico da cidade. Nela, fica o monumento marco
zero do município. É um dos espaços mais conhecidos e foi palco de muitos
eventos importantes como o comício das Diretas Já.

A praça se desenvolveu a partir da construção da Igreja Matriz do município.
No início do século XX houve a demolição de vários dos edifícios originais e
surgiram obras de embelezamento urbano e alterações no sistema viário.
A atual praça foi realizada em 1970 como resultado de um projeto paisagístico
por profissionais da Prefeitura de São Paulo. Que queriam construir uma
estação naquele local e era necessário demolir todo um quarteirão, fazendo
com que fosse necessário mudar a paisagem da praça.

O grupo de arquitetos foi influenciado pelos projetos paisagísticos que estavam
sendo feitos naquela época nos EUA. É caracterizado por um geometrismo
mais rigoroso com jogo de patamares, espelhos de água e volumes prismáticos
de terra.

Placa atual
Houve uma reestruturação das caixas de terra e dos canteiros, com maior
integração entre as esculturas presentes no lugar e as pessoas com a
introdução de passarelas sobre os espelhos d'água.

As construções históricas que abrigam museus, auditórios, etc., foram
desenhadas por Niemeyer e tombados pelo Instituto Patrimônio Histórico e
Artístico Nacional.
Campos do Jordão
Campos do Jordão foi construída através da inspiração da arquitetura alemã e,
normalmente, atrai casais de conforto, belezas naturais, fondues e chocolates.
É um local muito bonito em qualquer estação, com turistas mesmo fora de
temporada, proporcionando atrações, com restaurantes, bares e lojas.

A melhor forma para visitar os pontos turísticos é com um carro,
principalmente, pontos turísticos naturais, que são difíceis de chegar.
Vila Capivari
É onde fica a maior parte de restaurantes e barzinhos com música ao vivo.
Possui uma grande variedade de lojas de malhas e outros itens, em galerias no
calçadão e suas transversais.

Borboletário
Ele fica na região do Horto e reúne 35 espécies de borboletas que voam livres
em uma estufa com flores e um pequeno laguinho.
Palácio Boa Vista
Já foi a residência de inverno oficial do governador do estado de São Paulo. O
local se tornou um museu, com obras de Tarsila do Amaral, Anita Malfatti e Di
Cavalcanti. Ainda, estão preservados os móveis, peças de época e itens
decorativos.

Holambra
É considerada a capital das flores é um dos locais mais românticos e
charmosos de São Paulo. A cidade foi formada por imigrantes holandeses e, é,
possível, encontrar isso, na arquitetura e na gastronomia. Holanda é a mistura
de Holanda, América e Brasil. Possui um clima agradável com parques para
caminhar e lagos para ver.

Moinhos dos Povos Unidos
É um moinho que representa a Holanda, ele possui mais de 38 metros de
altura e funciona igual na Holanda pela força dos ventos.

Praça Vitória Régia
É uma praça cercada pelo Lago Vitória Régia, boa para caminhadas e par
passear e observar a beleza local.
Museu Histórico de Holambra

É uma forma de conhecer a história de Holambra, através de réplica de
moradia com imigrantes com objetos antigos e mais de 2.000 fotos contando
toda a história da cidade.
Brotas
Em Brotas é possível encontrar belos pontos turísticos com ecoturismo, cultura
do interior e rural e experiências gastronômicas. Ela é considerada a capital do
turismo de aventura do Brasil.
Esportes radicais
O rafting é o mais procurado durante todo o ano. Mas existem outros como
bóia cross, mini rafting, canionismo, rapel em cachoeira, passeios em
quadriciclos, arvorismo e mega tirolesas.
Gastronomia
Brotas resgata e remete à alta qualidade dos ingredientes e à autenticidade
das receitas. Ela oferece o melhor da culinária oriental, italiana e brasileira,
com bons ingredientes vindos dos produtores regionais, e com um preparo
cuidadoso.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

O que visitar no Morro de São Paulo, um lugar de natureza com belas praias

Turismo em Porto Seguro